quinta-feira, 14 de julho de 2011


Esse é mais um dos muitos textos que circula pela internet...
Chegou pra mim enviado pela minha comadre lá de Recife!
Leiam logo depois meu contra argumento para as opiniões do mesmo...
Depois escolha qual a sua alternativa!  

O crime compensa !!
Vai transar? O governo dá camisinha. Já transou? O governo dá a pílula do dia seguinte. Teve filho? O governo dá o Bolsa Família. Tá desempregado? O governo dá Bolsa Desemprego. Vai prestar vestibular? O governo dá Cota. Não ...tem terra? O governo dá o Bolsa Invasão e ainda te aposenta. RESOLVEU VIRAR BANDIDO E FOI PRESO? - A partir de 1º/1/2011 O GOVERNO DÁ O AUXÍLIO RECLUSÃO? ( Td presidiário com filhos tem direito a uma bolsa de R$798,30 "por filho" para sustentar a família, já que não pode trabalhar por estar preso. Confira no site da Previdência Social.) *Mas experimenta estudar e andar na linha pra ver o que é que te acontece!* "Trabalhe duro, pois milhões de pessoas que vivem do Fome-Zero e do Bolsa-Família, sem trabalhar, dependem de você" Se vc é brasileiro passe adiante!! Ver mais

Resposta aos ante pobres 


Oi comadre tudo bem com você o compadre e as crianças, espero que sim, esses são os votos não apenas meu, mas de toda minha família! Grande abraço a todos!

Quanto a essa mensagem que recebi intitulada: “O crime compensa”!
Desculpe-me, mas eu discordo completamente do seu conteúdo!
Por ser carregado de sentimentos racistas, classista, imperialista, capitalista, elitista e se  analisarmos direito é até nazista...
Mais uma vez peço-lhe desculpas pela sinceridade, mas é que não posso de maneira nenhuma trair as minhas origens, por ser: nordestino, filho de família pobre, descendente de negros e índios que por sinal no passado foram vitimados por canalhas que pensavam do mesmo jeito do autor desse texto...
Que eram os europeus com suas quadrilhas formadas por psicopatas Bandeirantes e padres jesuítas.
Por descender do genuíno povo brasileiro e do sofrido povo africano, não tem a mínima possibilidade de eu admirar ou compactuar de idéias como essas que não representa a minha classe social, e mesmo que eu fosse milionário, não teria o direito de achar que pobre tem que morrer de fome.
Todo filho dessa pátria é uma responsabilidade desse País!
E já que o tesouro nacional e se encontra nas mãos de uma meia dúzia de bilionários que preferem os paraísos fiscais a dividir com o povo, nada mais justo do que o governo cuidar de sua gente da forma que for possível...
Todo país tinha que ser visto como um lar e seu povo como se fossem as pessoas que ali habitam, sendo assim não seria justo um pai ou mãe de família que tem cinco filhos dar tudo de bom e melhor pra um e deixa os outros quatro á minguarem... 
E como qualquer animal que se presa, os humanos também não vão a lugar nenhum de barriga vazia, sendo assim essa seria á causa mais urgente!
Todo governante que vira as costas pra maioria e fica do lado dos que já tem demais, com certeza tem que construir mais presídios ou invés de escolas e centros profissionalizantes. Isso é foto! Pois gente com fome, é mais perigoso que qualquer animal feroz, principalmente as pessoas das cidades grandes e das regiões áridas.

Só pra finalizar e fechar com chave de... Pode ser de ferro mesmo! Ouro não! Porque ouro é muita ostentação e isso é coisa de rico!

Voltando ao que interessa: meus heróis foram Zumbir dos palmares, Virgulino “lampião”, Antonio conselheiro, Lamarca, Marighela e muitos outros que morreram lutando por igualdade social nesse país de milhões de explorados...

E antes que eu me esqueça ser pobre não é crime!
Os maiores bandidos são os colarinhos brancos e pelo que eu saiba, eles não são Robin Hoods!                  


Bia-lógica



Para muitos pais a sigla DNA significa:
Dia que
Nasceu
Alguém.

Já a maioria das mães interpreta da seguinte forma:
Dias e
Noites de
Amor...


Autor. Casulo

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Mine biografia

Mine biografia




Meu nome é Gilmar Ribeiro Santos, mais conhecido como poeta “Casulo”.
Sou autodidata em artes plástica, multe profissional e micro empresário do ramo automotivo.
Tenho 37 anos, sou Brasileiro nascido e criado até os 18 anos no município de Maracás – Bahia, de lá migrei para periferia São Paulo em 1992 onde constitui família e moro até os dias atuais...
Desde 2004 faço parte do Sarau da Cooperifa onde tive a honra de participar de um memorável CD de poesias em 2005, da Antropofagia Periférica em 2007 e do “Documentário da Cooperifa” em 2008.
Também sou Autor de livro de poemas intitulado: “Dos olhos para fora mora a liberdade”, que foi publicado em 2009.